ACAM MG
ACAM MG
  • Luz de OVNI queima vista de morador de Mariana

    | Cliques: 375 Luz de OVNI queima vista de morador de Mariana

    Diversas pessoas afirmam ter sido perseguidas por uma luz forte

    O mecânico de automóveis José Felipe se dirigia para o distrito de Camargos, há 14 Km de Mariana, quando uma forte luz iluminou seu carro. Com receio de ser assombração ele tentou fugir do local, porém a luz seguiu por um bom tempo. Agora ele afirma que não transita naquela estrada à noite.

    A equipe de campo da ACAM, Associação de Caçadores de Assombração de Mariana, foi ao distrito de Camargos, conversou com moradores que confirmam ver luzes pelo céu com certa regularidade. Por exemplo os moradores da Fazenda da Palha relataram que avistaram um objeto misterioso no céu. Emitia uma forte luz, porém não gerava calor ou barulho. Já Webert Mello morador de Camargos, agricultor, disse que certa vez ficou difícil para andar pois a luz era muito forte e ele se escondeu no mato.

    O Vice-Presidente da ACAM, Sr. Isaac Rangel aconselha as pessoas a não se aproximar destas luzes já que temos casos de uma pessoa, Sr. Antônio Ramos, lavrador, que foi hospitalizado com queimadura nos olhos.

    “Temos que ter cuidado com o desconhecido pois não sabemos o que é nem as consequências da aproximação, temos vários casos de pessoas feridas e com vistas queimadas.” Disse Isaac Rangel.

     Sua irmã, a ex-prefeita de Mariana, Sra. Terezinha Severiano Ramos foi quem o levou para o Hospital e cuidou dele. Segundo laudo médico ele sofreu queimadura causada por luz do tipo emitida de máquina de solda elétrica. “Cuidei do meu irmão durante duas semanas, ele não enxergava devido a luz forte que viu.”. Afirma a ex-prefeita.

    O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Ouro Preto, Sr. Sérgio Neves, também afirma ter visto essa luz percorrendo a montanha e depois desapareceu. Sr. Cícero Pinheiro ex-vereador de Mariana, disse que a bola de fogo ficou rodando seu estabelecimento e depois abaixou próximo ao curral.

    Sr. Everaldo Dias eletricista da Prefeitura de Mariana se assustou muito: “Era do tamanho de um fusca, peguei a foice e comecei a rezar para aquela luz sumir. Nunca vi um clarão tão intenso, e não podia correr pois estava junto com  meu pai que tem dificuldade para caminhar. Ainda bem que a luz passou sobre nós e foi embora.” Afirma Everaldo.

Imagens relacionadas