147 views

Mina da Passagem

A mina da Passagem foi uma das primeiras Minas de nosso Estado e uma das mais ricas. O padre Bezerra de Melo, português, já em 1712 explorava essa mina, porém a área tinha diversas frentes de trabalhos baseados nas técnicas ensinadas pelos africanos aos portugueses. Sim, os portugueses contratavam profissionais experientes na região da Costa da Mina, onde já se minerava ouro. Porém foi só com os ingleses que modernos métodos foram usados abrindo na mina grandes salões do tamanho de um ginásio esportivo de grande porte, com colunas sustentando o teto, entre Passagem e Mariana. Muitos trabalhadores entravam nas minas na região do bairro Santo Antônio e vinham trabalhar em Passagem. Os ingleses introduziram trilhos, os trollers, vagão de transporte de pedras e outros de pessoas. A Mina também passou por mãos francesas, numa sociedade mista com ingleses, mas por pouco tempo. Logo mão de obra de toda Europa vinha para Passagem, franceses, espanhóis, portugueses, italianos, russos, suíços, etc.

Passagem passou a ter uma Vila Alemã ( atual Vila São Vicente), Vila Espanhola, Vila Portuguesa e o Fundão onde moravam parte dos italianos
Porém as condições de trabalho que estavam submetidas eram muito insalubres, expondo a riscos de desabamentos e a doenças como a silicose que matava muitos todos os anos.
A vida útil de um mineiro era em média de 15 a 20 anos de trabalho. Os acidentes com explosivos eram frequentes, e pessoas despedaçadas era parte do cotidiano do trabalho, tanto que já havia profissionais para isso, chamados de “papai bunda”, eles retiravam os escombros, recolhiam os corpos e também outras sujeiras, como necessidades físicas de quem não podia esperar.
Outra crença era de que quando havia acidente apurava-se mais ouro, o que realmente acontecia, gerando o ditado que “ouro gosta de sangue”, que virou até título do livro de nosso amigo historiador Rafael Souza sobre a mina da Passagem.

Fonte: Livro 21 Lugares Mais Mal Assombrados de Mariana Clique aqui para ler o Livro https://pt.calameo.com/read/004888888b01198bae4a7

Para receber notícias no seu WhatsApp clique aqui: https://chat.whatsapp.com/FgPpCUEUL2n8NjHXAMbJKn

E para receber notícias da nossa página no Facebook clique aqui: https://www.facebook.com/jornaloespeto

Publicado em: 08/03/21


Escreva sua resposta

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Card image